Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Noite de pouco público na última da Nazaré

A corrida que se realizou no passado sábado, na Nazaré pouco tem para contar. Destaque para uma boa lide de Tomás Pinto, de Rui Salvador e de Duarte Pinto.
15 de Setembro de 2014 - 20:04h Notícia por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 1367
Noite de pouco público na última da Nazaré

Decorreu no passado sábado, no sítio da Nazaré mais uma corrida de toiros cujo cartel foi composto pelos cavaleiros Rui Salvador, Tito Semedo, Marco José, Pedro Salvador, Duarte Pinto e Tomás Pinto. Pegaram os amadores do Ribatejo, Moita e Arronches. Foram lidados toiros de São Torcato, Pinto Barreiros e um de João Ramalho.

A castiça praça de toiros da Nazaré registou ¼ de casa.

Abriu a função Rui Salvador que teve por diante um São Torcato a adiantar-se no cavalo e com investidas bruscas. Destaque para o segundo e terceiro curto de muito boa nota, rubricando uma lide que agradou ao público. À cara deste toiro foi João Guerreiro dos amadores do Ribatejo ao primeiro intento. No resultado desta lide o director de corrida autorizou a volta para o cavaleiro, forcado e ganadero. O ganadero teve bom senso e não deu volta.

Tito semedo lidou um São Torcato mal apresentado que acabou por deixar-se lidar. A  sua actuação não foi a mais sonhada. Destaque apenas para o quinto curto em sorte violino em terrenos de compromisso terminando a lide com um palmito. Os amadores da Moita concretizaram a pega à terceira tentativa.

Marco José não teve sorte com o exemplar da ganadaria de João Ramalho que parecia estar doente ( sem pêlo), revelando sentido (mansidão) no decorrer da sua actuação. Marco José pouco pode fazer. Fábio Mileu concretizou à primeira tentativa.

Pedro Salvador teve por diante um São Torcato que inicialmente evidenciou bons sinais quanto ao seu comportamento. Andou correcto nos compridos, após o segundo curto o toiro ficou inutilizado numa das mãos tendo que recolher aos curros. Cavaleiro não deu volta.

E os azares não ficaram por aqui. O quinto da ordem saiu à praça desembolado, acabando por perder as embolas dentro da arena. O toiro regressou aos curros, ouvindo-se alguns assobios por parte do público.

Sai o sexto da ordem, procedência Pinto Barreiros que se deixou lidar. Preocupado com a brega e a preparação das sortes Tomás Pinto protagonizou uma boa lide, chegando facilmente à bancadas. Manuel Cardoso pelo grupo de Arronches efectivou ao segundo intento.

Fechou a noite Duarte Pinto ao lidar o quinto da ordem um manso de Pinto Barreiros. Duarte Pinto teve o cuidado de preparar as sortes deixando o segundo, terceiro e quarto curto de boa nota. Francisco Mirrado concretizou uma pega rija à primeira tentativa.

 

 E assim foi a última da Nazaré!

 

 

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2019 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.