Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Um Ciclo Grandioso

Foi na aficionada vila de Arruda dos Vinhos que se realizou mais uma Gala da Tertúlia O Piriquita. Pelo nono ano consecutivo, a tertúlia galardoou os triunfadores desta temporada.
21 de Junho de 2014 - 08:44h Notícia por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 788
Um Ciclo Grandioso

Foi na aficionada vila de Arruda dos Vinhos que se realizou mais uma Gala da Tertúlia O Piriquita. Pelo nono ano consecutivo, a tertúlia galardoou os triunfadores desta temporada.

O jovem cavaleiro praticante, João Salgueiro da Costa, foi distinguido com o troféu de "Melhor Lide a cavalo". A "Melhor Pega" da temporada  foi da autoria de João Ramalho, do Grupo de Forcados Amadores de Montemor. O "Melhor Toiro" pertenceu à Ganadaria Palha. Nesta gala, foram ainda premiados, com o troféu "Piriquitos de Honra", a Empresa Tauroleve e a Tertúlia Tauromáquica Terceirense.

O grande homenageado da noite foi João Queiroz, jornalista e Director da revista Novo Burladero, que foi condecorado com o "Prémio Carreira". O reconhecimento surge numa altura em que a renomeada publicação tauromáquica comemora 35 anos de existência.

A gala deste ano teve certamente um sabor especial para a nossa tertúlia, representou o fim de um ciclo em que comandámos os destinos da praça de toiros de Arruda dos Vinhos.

Depois de quase uma década de trabalho, a Tertúlia O Piriquita não concordou com os critérios e condições de adjudicação da praça de toiros de Arruda dos Vinhos. Ao fim de oito anos, decidimos, então, pôr fim a este ciclo e não concorremos à adjudicação da praça.

Foram oito anos a vestir a camisola. Oito anos de suor, dedicação e entrega. Com o mais puro sentimento de dever cumprido, resta olhar para trás e enaltecer tudo aquilo que foi conquistado ao longo deste anos.

Em 2006, o projecto era ambicioso. Tornar esta vila numa referência incontornável da tauromaquia nacional e internacional, trazendo e levando a cultura tauromáquica além fronteiras. Queríamos que Arruda dos Vinhos deixasse de ter apenas uma dimensão local e regional.

Organizar espectáculos de promoção da cultura taurina, que apoiassem os jovens portugueses e os ajudassem na concretização dos seus sonhos, dando uma nova alma a esta histórica praça de toiros, eram os grandes objectivos da tertúlia. Um projecto assim só poderia revelar-se vitorioso.

Em Junho de 2006, começava então o nosso desafio à frente da praça de toiros de Arruda dos Vinhos. Foi uma estreia memorável. O I Intercâmbio de Cultura Taurina ficou marcado pela actuação inédita da banda de música da Real Maestranza de Sevilha, que pela primeira vez tocou fora da sua praça de toiros num espectáculo taurino. Foi em Arruda e numa novilhada de promoção. Este facto mostra o respeito que a tertúlia demonstra na organização destes espectáculos de apoio aos jovens. Ou seja, para que sejam verdadeiras oportunidades todos os pormenores e detalhes são importantes. Arruda dos Vinhos abria finalmente as portas ao mundo taurino

Nesse mesmo ano assinámos um protocolo com a Escola Taurina de Sevilha, que ofereceu a alguns jovens toureiros portugueses a possibilidade de tourearem numa das mais emblemáticas praças de touros do mundo: a Real Maestranza de Sevilha.

Em pouco tempo multiplicaram-se as parcerias com as mais importantes escolas de toureio de Espanha, França, México e Peru. O nome de Arruda dos Vinhos começava a percorrer os quatro cantos do mundo, levando consigo a tradição, a aficcion e a cultura taurina que a ela são inerentes. Madrid, Barcelona, Sevilha, Málaga, Salamanca, Nimes, Arles e Aguascalientes foram alguns dos sítios que abriram as portas das suas praças para verem os jovens toureiros portugueses mostrarem a sua mestria. Talvez, este tenha sido o aspecto de maior transcendência do trabalho da nossa tertúlia; colocar tantos jovens portugueses a tourear nestas praças tão importantes.

Ao longo de oito anos, foram diversas as iniciativas que promoveram a cultura taurina junto da juventude, desde colóquios, concertos e merecidas homenagens. Arruda dos Vinhos foi agraciada com algumas das mais altas referências da tauromaquia mundial. Victorino Martin, D. Eduardo Miura, José Carlos Arévalo, Juan António Espartaco e Joselito ficarão para sempre indissociáveis da história desta terra.

Por Arruda dos Vinhos passaram centenas de jovens, provenientes das mais diversas escolas de toureio do mundo. Jovens esses que hoje em dia toureiam em algumas das mais importantes praças e atingiram um reconhecimento internacional.

O Encontro Internacional de Escolas Taurinas, organizado em parceria com a empresa do Campo Pequeno é, sem dúvida, uma referência mundial.

A Arruda dos Vinhos chegaram grandes maestros do passado, figuras intrínsecas à história do toureio. Nos diversos festivais que organizámos, juntaram-se nomes como José Júlio, Espartaco, Ortega Cano, Pepin Liria, Fundi, Ferrera, Padilha, Vitor Mendes, entre muitos outros.

A 17 de Agosto de 2013, despedimo-nos da praça de Arruda com um espectáculo de toureio grandioso que ficará para sempre escrito na sua história. Reuniram-se nesta noite, imponentes toiros, daquelas que são consideradas as mais emblemáticas ganadarias. Toiros da Ganadaria Miura, Victorino Martin, Cebada Gago, Palha, Oliveira Irmãos e Murteira Grave fundiram-se para fazer desta uma corrida memorável.

Na Comemoração dos 20 anos, a nossa tertúlia, em uníssono com a Câmara Municipal, ofereceu à praça de toiros um oratório em honra de Nossa Senhora da Salvação, a Santa padroeira de Arruda dos Vinhos.

De cabeça erguida, coração cheio e um orgulho desmesurável, podemos afirmar que conquistámos aquilo que, tal como canta Mafalda Veiga, só conquista "quem não tem medo de naufragar".

E talvez por isso, foram muitas as vozes que se elevaram para admirar como uma vila como Arruda dos Vinhos conseguiu organizar eventos de tamanha grandeza, trazendo para eles grandes referências do mundo tauromáquico e lidando toiros das ganadarias mais importantes do mundo. A todas essas vozes, sempre respondemos que a dimensão das coisas não está no seu tamanho mas sim na entrega e sentimento que são depositados nelas.

Com um orgulho desmedido nesta terra, lutámos sempre para defender e honrar os valores e as raízes taurinas de Arrudas dos Vinhos.

Esta caminhada de oito anos foi feita com o contributo precioso de figuras que ficarão para sempre ligadas a esta jornada à frente da praça de toiros. É assim que a Tertúlia O Piriquita agradece ao empresário Vasco Durão, à empresa do Campo Pequeno na pessoa de  Rui Bento Vasques e a Ricardo Levezinho por toda a colaboração e apoio sempre prestado, pois sem eles, nada disto seria possível.

Sem esquecer todos os ganaderos que colaboraram ao longo destes anos, reconhecemos ainda o contributo valioso dado pelo anterior executivo municipal no apoio prestado às nossas actividades.

Neste que será o principio de um novo ciclo, resta assegurar que estaremos sempre ao dispor da actual Câmara Municipal  para tudo aquilo que possa  valorizar a cultura taurina  de Arruda dos Vinhos.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2019 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.