Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Para a UPPA "Toda a ajuda, está longe de ser bem-vinda"

A UPPA, União Para a Protecção dos Animais, rejeitou os donativos da PRÓTOIRO.
05 de Fevereiro de 2013 - 14:40h Notícia por: - Fonte: - Visto: 866
Para a UPPA

A UPPA, União Para a Protecção dos Animais, rejeitou os donativos da PRÓTOIRO, da campanha realizada no dia 2 de Fevereiro, saldada por cerca de duas toneladas de ração para cães e gatos, distribuídas em todo o país, bem como em Macau.

Num breve comunicado aos seus associados, a direcção da UPPA esclarece:

"A UPPA rejeitou recentemente uma oferta em géneros da Prótoiro, associação que defende e promove a tauromaquia.

Apesar de, aquando do contacto por parte de uma “emissária” da associação taurina, esta ter referido que, e passo a citar, “toda a ajuda é bem-vinda”, a UPPA não concorda com esse facto.

Toda a ajuda, está longe de ser bem-vinda, e seria pouco ético por parte da UPPA estar a receber uma oferta de uma organização que defende a tortura de animais, pois é assim que esta associação encara as touradas.

A UPPA participa e apoia uma nova lei de protecção aos animais que prevê, inclusive, o fim das touradas, seria de nossa parte, dessa forma, no mínimo incongruente, aceitar a oferta da Prótoiro que tem uma posição exactamente antagónica.

Para a UPPA, aceitar a doação da Prótoiro, seria a mesma coisa que alguém organizar uma luta de cães e querer doar as receitas da mesma à associação, ou seja, é incoerente, além de violar os princípios desta associação.

Apesar de sermos uma entidade que se dedica essencialmente ao auxílio a cães e gatos, na questão da tortura a animais não há separação de águas possível, seja esta perpetrada contra um gato, um cão, um pássaro ou touro. Nem existem, para esta associação, "tradições" que legitimem a tortura sobre qualquer animal.

A UPPA conta, felizmente, com a ajuda de centenas de pessoas que, de uma forma ou outra, contribuem para que esta associação consiga cumprir a missão à qual se propôs desde a sua fundação em 2007. São pessoas anónimas que não procuram exposição mediática, nem qualquer tipo de publicidade ao seu altruísmo.

Compreendemos que para Prótoiro sejam importantes estas demonstrações públicas de “afecto” aos animais, no entanto, não será através da UPPA que as irão materializar.

A Direcção da UPPA"

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2019 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.