Quinta-feira, 02 de Julho de 2020
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

A Animal não gostou de ver a tauromaquia no Daily Telegraph

A Associação Animal não gostou de ver recomendado no jornal Daily Telegraph, uma ida dos seus leitores ao Campo Pequeno, quando estes estivessem de visita a Lisboa.
11 de Abril de 2013 - 13:38h Notícia por: - Fonte: - Visto: 995
A Animal não gostou de ver a tauromaquia no Daily Telegraph

A Associação Animal não gostou de ver recomendado no jornal Daily Telegraph, uma ida dos seus leitores ao Campo Pequeno, quando estes estivessem de visita a Lisboa.

Tudo começa no artigo recente assinado pelo jornalista Guyan Mitra, Atrações de Lisboa: o que fazer durante a Primavera, onde o jornalista aconselhou os leitores a irem a uma corrida no Campo Pequeno.

O artigo pode ser lido neste link: http://www.telegraph.co.uk/travel/destinations/europe/portugal/lisbon/9965085/Lisbon-attractions-what-to-see-and-do-in-spring.HTML

A associação Animal não gostou e lançou uma campanha de protesto, em que pretende encher a caixa de correio digital do jornalista, sensabilizando-o com meia dúzia de mentiras e lugares comuns, como "O número de pessoas que assistem a estes espetáculos sangrentos é de longe muito menor que o número de pessoas que se opõem a essa atividade e a querem banida, como demonstram sondagens recentes por todos os países onde essa atividade ainda é legal.".

Guyan Mitra deve estar a tremer por todos os lados e o Daily Telegraph também...

Fique com o conteúdo do email de protesto:


Para Guyan Mitra,

Caro,

Sendo eu alguém preocupado com a protecção dos animais fiquei chocado ao ler o seu artigo sobre as atrações de Lisboa na Primavera e constatar que aconselha os seus leitores a assistirem a uma tourada. A tourada é uma forma terrível de entretenimento que não tem lugar numa sociedade civilizada. O número de pessoas que assistem a estes espetáculos sangrentos é de longe muito menor que o número de pessoas que se opõem a essa atividade e a querem banida, como demonstram sondagens recentes por todos os países onde essa atividade ainda é legal. Exaltar uma atividade que é cruel e que só existe por razões sádicas e financeiras é inaceitável! O facto de que o touro não seja morto na arena, não faz com que a Corrida à Portuguesa seja menos cruel. Os animais são mutilados, torturados durante o espetáculo e depois, os mesmos aguardam (às vezes por um ou dois dias) para serem abatidos, enquanto enfrentam dores terríveis, febre e perda de sangue.

É absolutamente inaceitável que uma publicação mundialmente respeitada, como é o Daily Telegraph, glamorize uma actividade tão horrível. Eu só desejo que possa repensar a sua posição e ver o quão injusto e anti-ético ela é.

Aguardo respeitosamente por uma resposta, que, espero seja positiva,
Respeitosamente,

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2020 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.