Domingo, 09 de Agosto de 2020
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

PRÓTOIRO Alerta: "Animal Entregou Petição Virtual Assinada por Fantasmas e Estrangeiros no Parlamento Português"

A PRÓTOIRO divulgou no facebook que das 40000 assinaturas da petição online, 33576 são virtuais.
08 de Outubro de 2012 - 14:16h Notícia por: - Fonte: - Visto: 1237
PRÓTOIRO Alerta:

Texto divulgado pela Prótoiro na sua página pessoal do facebook, o qual reproduzimos na íntegra pela sua importância...

 

No passado dia 6 de Outubro, Associação Animal lá conseguiu uns minutos na TV para dar conta que algumas dezenas de pessoas (tantas?) se tinham manifestado à entrada da Assembleia da República exigindo uma nova lei de protecção aos animais.

Lá apareceu Rita Silva, Presidente da Associação Animal que, depois de há um mês ter dito que a pesca deveria ser proibida foi para a frente das câmaras lamentar, entre outras coisas, os abusos sexuais de que os animais eram alvo.

Como não poderia deixar de ser, lá estava Paulo Borges, presidente do PAN que se pendurou e não falhou o palco mediático criado pela Animal para lá ir propagandear: atenção, não se esqueçam de nós, somos o partido dos animais, votem em nós, queremos eleger deputados!.

Já no interior da Assembleia da República, Rita Silva juntou os seus amigos deputados para a fotografia, e lá apareceu com Cristovão Norte (PSD), Catarina Martins (BE) e Rosa Albernaz (PS). Diz a Animal que João Rebelo (CDS) “não estava em corpo mas estava em espírito”. Foram recebidos pela Presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves.

Até aqui, nada a opor: democracia e a liberdade de expressão ao serviço da sede de protagonismo. Tudo dentro da legalidade, portanto.

Mas, é preciso fazer a pergunta: todo este cenário montado (e o número impressionante de “algumas dezenas de manifestantes”) para quê,e porquê?
Porque a Associação Animal entregou uma petição com vista a ver aprovada uma nova Lei de Protecção aos Animais. Esta petição, dizem, tem 40.000 assinaturas!
E aqui começam a surgir algumas dúvidas para quem não está dentro destes movimentos: 40.000 assinaturas, grande campanha mediática, recepção por deputados, grande campanha de mobilização durante largos meses e... quantos manifestantes? “Algumas dezenas”… Estranho? Claro que não! E não ficamos por aqui...

A PRÓTOIRO perdeu 5 minutos e foi ver a petição online. Eis as conclusões:
* Das alegadas 40.000 assinaturas, 33576 são virtuais.
* Encontram-se variadas assinaturas apenas com nome e apelido: Isabel Santos (3), Gonçalo Almeida (80), David Ferreira (118), etc… Portanto daqui não se consegue saber quem assinou, porque Isabéis Santos em Portugal serão certamente centenas.
* Encontra-se múltiplos signatários identificados apenas pelo nome próprio, como “Joana” (31711) ou até apenas por letras, como “m” (78).
* Encontram-se inúmeros nomes claramente estrangeiros como: Jimmy Tancredi (107), Nina Katarzyna Szczygiel (27857), Mark Cain (25152), Margot Kolb (31117) ou Dmytro Sydorenko (32248).
* Encontram-se imensos brasileiros que, aliás, não se coíbem de deixar expressa a sua nacionalidade, como o signatário 21329 que escreve “Brasil apoia lei de protecção aos animais em Portugal” ou o signatário 21338 que siz “excelente iniciativa dos portugueses, espero que esse gesto incentive aos governantes brasileiros também”.

Ou seja, mais uma vez fica demonstrado que a causa animalista em Portugal é uma causa virtual e que é fruto de uma tentativa de colonialismo cultural.

A verdade, pura e crua, é que a causa animalista não tem expressão real. A animal tentou reunir 30 mil assinaturas em papel e desistiu. Só conseguiram reunir 6.500 (não enchia uma praça de toiros de primeira). Cada vez mais se confirma, como se necessário fosse, que a causa animalista só existe no facebook. Contra factos não há argumentos.

Se tivéssemos uma Lei que obrigasse as votações feitas online a serem verificadas, acabavam-se estas palhaçadas. Até lá, continuará a gastar-se tempo e dinheiro dos contribuintes em discussões promovidas por uma esmagadora minoria que, à falta de melhor ocupação, passa os seus dias a aproveitar esta lacuna legal para votar milhares de vezes no mesmo inquérito, na mesma petição ou no mesmo movimento…

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2020 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.