Sábado, 21 de Setembro de 2019
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Ganadaria El Pilar

As características dos toiros que sairão ao ruedo de Córdoba este Domingo
17 de Maio de 2012 - 09:46h Notícia por: - Fonte: - Visto: 1356
Ganadaria El Pilar

Divisa: Verde e branca

Herdade: Puerto de la Calderilla - Salamanca (Espanha)

Representante: Moisés Fraile Martín

Fundada em 1985, fruto da divisão da vacada original da família Fraile, a ganadaria El Pilar formou-se com vacas de procedência Aldeanueva, encaste Conde de la Corte – Mora Figueroa. Debutou em Bilbau no ano de 1991 com uma novilhada e, nesse mesmo ano, em Madrid com uma corrida de toiros. Diz o ganadeiro, Moisés Fraile, que “é uma ganadaria nova mas de ganadeiros velhos” já que ele é a terceira geração de ganadeiros desta família.

Instalada na herdade “Puerto de la Calderilla”, na serra de Salamanca, os toiros e as vacas de El Pilar gozam de um entorno bastante peculiar. A elevada altitude aliada às condições ambientais extremas, contribuem para que os toiros endureçam as unhas e desenvolvam os pulmões, o que segundo o ganadeiro é bastante importante para que aguentem melhor os 20-25 minutos de lide.

A ganadaria está composta por seis lotes de aproximadamente 60 vacas cada um, de modo a não “sobrecarregar” os sementais. Abundam as pelagens coloradas, churreadas, mulatas e castanhas. Morfologicamente os toiros de El Pilar caracterizam-se por ser compridos, baixos, robustos, com o quarto dianteiro bastante desenvolvido, de aspeto sério e forte, baixos de cruz, de extremidades curtas e de generosa cornamenta. A alta percentagem de toiros de pelagem colorada é também um dos aspetos que caracteriza esta casa.

 Em termos comportamentais, Moisés Fraile procura um toiro bravo e ao mesmo tempo nobre, que se mova mas que se mova bem e que não perca as mãos. Um toiro que satisfaça as exigências do público, do empresário e do toureiro. Afirma o ganadeiro que “cuando las hechuras no mienten, los resultados no fallan”. 

 “Resistente” é talvez o toiro mais conhecido desta ganadaria. Lidado em sexto lugar por Matias Tejela, no dia 19 de Maio de 2005 em Madrid,  ganhou o prémio de “Melhor Toiro” da feira de San Isidro. “Medilonillo” foi outro toiro bastante importante desta casa. Lidado e indultado por Espartaco a 24 de Junho de 1999 em Alicante, “Medilonillo” voltou para “Puerto de la Calderilla” para exercer funções de semental. Desgraçadamente só exerceu essas funções durante um ano, já que uma vez apartado das vacas e junto aos restantes sementais, estes encarregaram-se de lhe investir até à morte. 

Como irão sair os "El Pilar" de Córdoba? Acompanhe no Taurodromo.com 

       

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2019 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.