Terça-feira, 22 de Setembro de 2020
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Esclarecimentos de Paulo Pessoa de Carvalho e Ana Batista

Esclarecimentos de Paulo Pessoa de Carvalho e Ana Batista as últimas noticias vindas a público.

21 de Outubro de 2010 - 13:50h Notícia por: - Fonte: Toiros & Cultura - Visto: 1193
Esclarecimentos de Paulo Pessoa de Carvalho e Ana Batista

Comunicado de Paulo Pessoa de Carvalho:

Relativamente a rumores sobre ter chegado ao fim o apoderamento que ligava a cavaleira tauromáquica Ana Batista ao seu apoderado, venho aqui esclarecer que as mesmas não passam de especulações.

Qualquer assunto relativo a este tipo "contratos" ou "acordos" como preferirem, tem um tempo de início e um tempo de término, que entendemos que reporta pela mesma ordem, ao início do defeso e ao final da temporada, salvo raras excepções é assim que se procede, não fugindo esta situação à regra aqui referida.

A Ana Batista tem a sua carreira gerida por uma equipa e não apenas por um apoderado, equipa essa constituída pelo Paulo Pessoa de Carvalho e este ano também pelo senhor Francisco Penedo. No final da temporada, com uma avaliação do trabalho desempenhado, com avaliação dos objectivos, com uma análise global ponderada sobre o passado, olhando para o presente, será avaliado o futuro.

Isto para dizer, que a equipa se mantém e nada mudou, que em tempo e sede próprias será efectuada a avaliação final e reflexões sobre o futuro, aliás, como todos os anos é feito. Este esclarecimento é devido, talvez não obrigatório, mas a equipa que com a Ana tem trabalhado, entendeu com estas últimas ondas que sobre a toureira rebentaram, vir aqui esclarecer este assunto e dar-lhe publicamente o seu incondicional apoio.

Paulo Pessoa de Carvalho

 

Carta aberta da Cavaleira Ana Batista

Caros aficionados,

Dirijo-me a todos (aficionados, empresários, amigos, público em geral) após algumas notícias vindas a lume, pois entendi que extrapolaram e conduziram o sentido das minhas palavras, de uma forma tendenciosa e orientada numa linha que nunca foi minha intenção transmitir.

Sei o que disse e estou cá para assumir sempre as minhas palavras!

Quando erro peço desculpa e dou a mão à palmatória, mas quando tentam dar um sentido ao meu discurso que não corresponde à realidade, quando isolam comentários ou temas tratados em duas horas de conversa, pegando em 5 minutos dos 120 que falei, retirando-os do contexto global e tornando excertos do meu discurso em afirmações isoladas, não posso deixar de lamentar e de ter que vir a público esclarecer o que na realidade disse, aliás, tudo o que disse.

A parte da minha conversa que toca nos toiros espanhóis, tem apenas a ver com uma linha de conversa seguida pelo Sr. João Ramalho, ganadeiro e meu amigo, que tocou no assunto e fez-me durante esses poucos minutos falar sobre o tema. Ouvindo as minhas próprias palavras, reconheço de imediato que apenas esses excertos e nada mais, são algo estranhos, talvez até agressivos e polémicos, mas acreditem que eu própria me senti enganada com a conotação que de imediato senti.

Quem me conhece sabe bem a minha postura, sabe que por norma digo o que penso mas não sou seguramente de polémicas nem de guerras, por isso e porque sei que graças a Deus muitas pessoas me conhecem, não fico tão preocupada, mas mesmo assim e porque entendo que é importante repor a verdade dessa noite tão bem passada na "Cabana dos Parodiantes" em Salvaterra, convido todos a lerem a entrevista que saiu no Jornal "O Mirante" com a peça completa, onde o título é esclarecedor do que foi essa noite e do que para mim é realmente importante, para perceberem que o momento que falo de toiros, é curto e foi num embalo de conversas de tertúlia como tantas que acontecem.

Não os maço mais, não desminto o que são as minhas palavras, mas não é justo e não posso ficar calada, quando pretendem dar um sentido de polémica e conflito a um dos muitos assuntos abordados num jantar de um grupo de amigos e aficionados. Mesmo assim se alguma sensibilidade ficou ferida, aqui peço desculpa pelo facto, mas insisto, leiam a entrevista e percebam o contexto.

Obrigado pelo tempo que Vos tomei e pela atenção que me deram, estou cá para dar um sentido positivo à festa de toiros e estimular todos os que para ela contribuem.

Com amizade,
Ana Batista

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2020 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.