Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Coliseu de redondo no panorama tauromáquico nacional

José António Rilhas faz balanço da temporada do coliseu do redondo
11 de Novembro de 2009 - 19:34h Notícia por: - Fonte: Coliseu de Redondo - Visto: 1159
Coliseu de redondo no panorama tauromáquico nacional Transcrevemos conforme chega ao tauródromo:

"Ai está o fim da temporada Tauromáquica. Ganaderos, apoderados, empresários, Cavaleiros, forcados, imprensa da especialidade, associações ligadas á festa brava etc., fazem o balanço da temporada que agora finda.À partida esta temporada de 2009 estava assombrada, de uma forma preocupante, em termos de afluência de público às praças de touros. A crise económica e financeira que atinge o mundo inteiro, onde Portugal não é excepção, indiciava que o pior podia acontecer. Felizmente que não foi isso que aconteceu, pois quase todas as praças tiveram uma afluência considerável, podendo mesmo dizer-se que a maior parte delas andou quase sempre nos ¾, o que mostra bem o interesse que a festa brava continua a despertar nas pessoas, e que abafa por completo as vozes que cada vez mais tentam condicionar e mesmo acabar com as touradas no nosso país. A esses, que usam uma linguagem ofensiva e posições que roçam o fundamentalismo, a resposta é realmente continuarmos a encher os nossos Tauródromos e assim fazer com que este espectáculo, que faz parte integrante da nossa cultura, continue de maneira a preservarmos a nossa identidade e autenticidade. Destaca-se a preservação do Toiro de Lide que de outra forma seria pura e simplesmente extinto. Neste contexto, felizmente que, há autarcas que tem a sensibilidade para perceber a importância deste sector a nível nacional. Para além de promover o emprego sazonal e definitivo a muitas pessoas, enquadra-se perfeitamente num contexto de desenvolvimento regional, onde deverá ser incluído nos roteiros e ofertas turísticas, de alta qualidade, que as regiões têm para oferecer, principalmente no sul do país. No entanto, e para que esta oferta atinja o máximo de qualidade terão que continuar as reestruturações das nossas praças tornando-as em equipamentos com as condições logísticas necessárias que hoje, cada vez mais, são exigidas por quem paga o bilhete. Neste sentido tivemos este ano a inauguração do Coliseu de Redondo, uma obra que vem dar precisamente o exemplo do que se deve continuar a fazer para modernizar os nossos Tauródromos, e que inevitavelmente os transformará, também, em equipamentos com a possibilidade de apresentar outros tipos de espectáculos, no sentido de se rentabilizarem ainda mais. Neste contexto não posso deixar de salientar a visão moderna e sustentada que a autarquia de Redondo teve, e que levou á transformação da antiga, e já bastante degradada, Praça de Touros de Redondo num moderno equipamento multiusos onde a vertente taurina não ficou nada a perder, pelo contrário ganhou e muito, uma vez que viu reforçada toda a sua operacionalidade e onde a sua identidade não foi de modo algum descaracterizada. Este novo Coliseu de Redondo, já deu azo a declarações apaixonadas e emocionadas por parte de pessoas que estão intensamente ligadas ao mundo dos toiros e são estas palavras que recompensam o esforço, a ousadia bem planeada e sustentada, bem como o bom gosto que todos os técnicos que a conceberam tiveram, e que fazem com que nomes como o de Maurício do Vale, José Luís Gomes e tantos outros, cavaleiros, forcados etc. digam que a praça está "TORERA" e que ali se respira "AFICIÓN". Além deste sentimento que nos atravessa a todos, há que realçar as excelentes condições logísticas com que este novo espaço ficou, o que proporciona excelentes condições aos artistas que lá trabalham, bem como elevados níveis de comodidade aos espectadores.
Em termos de Tauromaquia e também de futuros espectáculos relacionados com o Cavalo Lusitano, como todos já vão sabendo, a gestão do Coliseu é feita pela Associação Tauromáquica Redondense, também ela recentemente criada. Esta Associação conseguiu montar quatro corridas este ano, em condições algo adversas, relacionadas com o timing de conclusão do equipamento e logo com a contratação dos interveniente no espectáculo, sendo que a ultima encerrou também a temporada nacional no dia 1 de Novembro passado. Como membro da A.T. Redondense, permito-me fazer aqui um breve balanço da temporada taurina no recém inaugurado Coliseu de Redondo. Depois de termos esmiuçado com bastante atenção todas as corridas que a A.T. Redondense montou, chegamos à conclusão que foi globalmente um sucesso a temporada tauromáquica no Redondo, e a isso deveu-se sem dúvida à reabilitação da antiga Praça de Touros de Redondo, o que permitiu que a Tauromaquia voltasse à aficcionada Vila de Redondo. Por lá passaram jovens promessas já consolidadas, como Sónia Matias, Tiago Carreiras grande revelação desta temporada, João Telles Jr. e Marcos Tenório Bastinhas que encerrou a sua temporada precisamente no Coliseu de Redondo, com um estrondoso sucesso frente a um toiro do curro, de excelente qualidade, enviado pela ganadaria Canas Vigouroux. Mas também cavaleiros como Luís Rouxinol, que se afirmou definitivamente esta temporada, Joaquim Bastinhas com toda a sua popularidade e saber, António Ribeiro Teles que dispensa apresentações, Rui Salvador na comemoração dos seus 25 anos de carreira e Luís Procuna o promissor matador de toiros português mestre na arte de bandarilhar. Por lá passaram também os Forcados Amadores de Montemor e os Amadores de Évora referências inquestionáveis na arte de bem pegar toiros, mas também os Académicos de Elvas um grupo com garra e vontade de pegar toiros e finalmente o grupo da terra os Amadores de Redondo que estiveram presentes em todas as corridas e que acabaram por mostrar ao país que também cá estão e que tem toda a legitimidade em querer pegar corridas de primeira linha como ficou demonstrado nas quatro corridas do Coliseu, principalmente na de 5 de Outubro com os toiros Canas de Vigouroux de 600kg. E finalmente como não podia deixar de ser referido, por lá passaram milhares de pessoas que embelezaram e criaram um ambiente fantástico neste Coliseu de Redondo. Para concluir este escrito, dizer que a Associação Tauromáquica Redondense já se encontra a trabalhar na montagem dos cartéis para a próxima temporada com o intuito de proporcionar espectáculos de qualidade a todos os aficcionados, porque é para eles e com eles que estes espectáculos se conseguem realizar, de outra forma deixariam de existir. Este compromisso sem dúvida que a A. T. Redondense o assume com toda a frontalidade, mas este não pode ser só um compromisso desta associação, tem que ser um compromisso transversal onde todos os que estão e vivem da festa se terão que comprometer também, para que a Festa Brava nunca perca a dignidade que obrigatoriamente tem que continuar a ter.

PS. A Associação Tauromáquica Redondense, agradece a todos os que encheram quase por completo o Coliseu de Redondo nas quatro corridas ali realizadas, e convidá-los desde já para estarem presentes nos espectáculos da próxima temporada."
Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2019 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.