Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Julio Parejo, corta três orelhas em dia de Alternativa

Julio Parejo e Antonio Ferrera saem em ombros
01 de Novembro de 2009 - 14:52h Notícia por: - Fonte: - Visto: 852
Julio Parejo, corta três orelhas em dia de Alternativa Praça de Toiros coberta de Navalmoral de la Mata

Sábado, 31 de Outubro de 2009

Três cuartos de casa, para presenciar uma Corrida de Toiros, com a particularidade da tomada de alternativa do toureiro local, com o seguinte cartel:

Seis Toiros da Ganadaria portuguesa de Ascenção Vaz, de Carrapatelo (Serpa), para os Matadores de Toiros:

José Ortega Cano, no seu primeiro e único que lidou, por estar mal com o estoque escutou silêncio, depois de dois avisos.

Passou à enfermaria da praça por sentir uma dor no peito, sendo diagnosticado uma Taquicardia Supraventicular, sendo inicialmente assistido na enfermaria e depois no Hospital de Navalmoral de la Mata.

Antonio Ferrera, no seu primeiro toiro e quando saía do segundo par de bandarilhas, sofreu uma cornada interna na côxa direita, passando no final da lide e morte deste toiro à Enfermaria da praça, aonde foi operado, sendo-lhe colocada uma protecção, para poder continuar a sua participação na corrida.

Neste seu primeiro toiro, cortou duas orelhas e um rabo, no seu seu segundo, cortou uma orelha, e no toiro que lidou por Ortega Cano, cortou duas orelhas um rabo.

Julio Parejo, no seu primeiro cortou duas orelhas, no seu segundo, cortou uma orelha.

No final da corrida, pediu autorização ao Presidente para lidar o toiro sobrero com o ferro de Ascenção Vaz, como oferta ao público, (prática muito em uso no México), no qual escutou ovação depois de aviso.

O sexto toiro deu volta à arena.
Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2019 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.