Quarta-feira, 22 de Setembro de 2021
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Clonagem Taurina ainda não chegou a Portugal!

O Taurodromo já teve a oportunidade de falar acerca da clonagem de toiros bravos em Espanha. Vimos agora desenvolver a questão, no que concerne ao nosso País...
31 de Março de 2008 - 00:00h Notícia por: - Fonte: - Visto: 1375
Clonagem Taurina ainda não chegou a Portugal! O Taurodromo já teve a oportunidade de falar acerca da clonagem de toiros bravos em Espanha. Vimos agora desenvolver a questão, no que concerne ao nosso País.

Segundo uma notícia hoje, dia 31 de Março, divulgada no jornal Diário de Notícias, trata-se de uma técnica que ainda não chegou a Portugal e nem tem data para avançar.

Como se pode ler na notícia: "(...) quando isso acontecer, os mais perfeitos exemplares de toiros da raça brava serão clonados e os sementais deixarão de fazer falta. Por agora, a selecção dos toiros reprodutores em Portugal é feita de forma tradicional". Ainda na mesma notícia, pode ler-se: "A notícia de que no país vizinho se estão a clonar toiros bravos de lide foi recebida sem grande entusiasmo pelos ganadeiros portugueses. O presidente da Associação Portuguesa dos Criadores de Toiros de Lide, João Costa Andrade, diz que a ideia é boa, mas o entusiasmo é refreado pela realidade portuguesa, onde o mercado é muito mais pequeno. Enquanto em Espanha, um toiro lidado numa praça como Madrid, Barcelona ou Sevilha, pode valer dois mil euros, em Portugal conseguem-se vender os toiros a uma média de 500 euros. Por cá, não compensa sequer fazer uma cesariana, quanto mais uma clonagem", refere.

Ainda, Vasco Lucas, secretário técnico do Livro Genealógico Português dos Bovinos da Raça Brava de Lide, refere que a clonagem "poderá ter vantagens para garantir as qualidades funcionais da raça". Contudo, diz que "na raça brava a funcionalidade principal é a bravura e, essa, não é garantida 100% geneticamente, tendo também a ver com o ambiente e o maneio do animal".

Na referida notícia, é referido ainda que a Associação de Criadores de Toiros de Lide está atenta e interessada nos avanços da ciência e nos contributos que possa trazer para o sector, estando para tal, a colaborar com a EZN - Estação Zootécnica Nacional -, organismo nacional de investigação científica na área animal, com sede em Santarém, onde está a decorrer um estudo sobre a raça em Portugal.

Esta investigação pretende, segundo João Andrade, "aprofundar o conhecimento científico das características do toiro de lide, que é uma das raças bovinas menos conhecidas". Para tal, será analisado o DNA de exemplares das ganadarias portuguesas para se poder estudar os marcadores genéticos e pesquisar o parentesco das várias castas nacionais".

De referir que, e como consta na notícia, o mesmo estudo já foi efectuado em Espanha e os resultados mostraram um elevado grau de parentesco entre todas as castas espanholas que se julgava serem mais distintas.

Adaptado de "Diário de Notícias" de 31 de Março de 2008.
Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2021 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.